Bruno e Capone participam da semana do doador de sangue

“Seja um doador fidelizado” tem a participação de jogadores da Juazeirense

Por Carlos Humberto – texto e fotos
Capone e Bruno doando sangue no Hemoba/Juazeiro
Capone e Bruno doando sangue no Hemoba/Juazeiro

Em compasso de espera para o início dos treinos que precedem a preparação da equipe para a temporada de 2018, os jogadores da Juazeirense, o goleiro Bruno, 20 anos, e o volante Capone, 31 anos, se sensibilizaram com o apelo da Secretaria de Saúde do Estado (SESAB) e na tarde desta quinta-feira 22 compareceram à unidade do Hemoba em Juazeiro-BA para participar da campanha ‘Seja um doador fidelizado”, que celebra o Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado no dia 25 de novembro.

Enquanto faziam avaliação prévia pela equipe médica, os jogadores revelaram ser a primeira vez que participavam de uma campanha desse gênero. “Não me lembro de ter doado sangue em minha vida”, revelou Capone, aparentemente tranquilo antes de enfrentar a agulha.

Ao lado, o goleiro Bruno reconhecia a importância daquele gesto: “Me sinto gratificado como cidadão por participar da campanha de doação de sangue. Será a primeira vez, mas pretendo retornar muitas vezes” – prometeu o jovem guarda metas da Juazeirense, que recentemente disputou o Campeonato do Nordeste Sub-20 em Aracaju-SE.

Com direito a cobertura da TV São Francisco, os dois jogadores cumpriram seu papel sem “pipocar” e receberam os agradecimentos de toda equipe do Hemoba.

A campanha, que começou na última terça-feira 21 e se encerra no sábado 25, pretende estimular a prática da doação voluntária e regular de sangue entre a população. Segundo dados da Sesab, apenas 1,4% dos baianos doam sangue, percentual abaixo do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Para a instituição, o ideal é que de 3 a 5% da população doe regularmente.

É importante saber que uma pessoa adulta possui em média cinco litros de sangue e em uma doação são coletados no máximo 450 ml. Ou seja, é menos de 10% de todo seu sangue, que o próprio organismo repõe nas primeiras 24 horas após a doação.

Enquanto a bola não rola, a Desportiva Juazeirense, através dos seus atletas, se integra ao movimento nacional pela doação de sangue humano e lembra que doar sangue é simples, rápido e seguro.

GALERIA DE FOTOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *