Denúncia de Araripina é rejeitada e Comissão programa semifinais – Agência CH

Denúncia de Araripina é rejeitada e Comissão programa semifinais

Da Redação

Em reunião extraordinária que se prolongou até a manhã desta quinta-feira 26, a Comissão Disciplinar da Copa TV Grande Rio de Futsal não acatou a denúncia impetrada pela equipe do Araripina, e manteve a programação dos jogos da categoria aberto das fases semifinal e final para o dia 1º e 05 de maio, respectivamente.

No despacho, a Comissão justifica “Não acolher o pedido inicial, por ausência de comprovação da conduta ofensiva pretendida na denúncia, decidindo-se pela não anulação da partida”.

De acordo com o denunciante, as equipes Portal da Cidade e Cohab Massangano infringiram o artigo 243-A do Código de Justiça Desportiva, quando, supostamente, promoveram uma combinação de resultado para beneficiar aos dois, em detrimento de um terceiro – o Araripina – que também dependia de possíveis resultados para passar para a próxima fase da competição.

Para a Comissão, as provas colhidas não foram suficientes para evidenciar a ocorrência de qualquer ato que comprovasse a fraude e, por isso, não acatou a denúncia.

Leia na íntegra abaixo o teor da decisão:

SESSÃO DE JULGAMENTO DA COMISSÃO DISCIPLINAR
Aos vinte e cinco dias do mês de abril de 2018, em sede da TV Grande Rio ocorreu o julgamento relativo à denúncia em alusão à ofensa ao código de justiça desportiva em seu artigo 243-A, no qual reza sobre CONDUTA OFENSIVA à ETICA DO ESPORTE, oferecida pela equipe de ARARIPINA, questionando uma suposta COMBINAÇÃO DE RESULTADO.
O que ficou identificado por esta comissão disciplinar, após intensa colheita de depoimentos dos envolvidos no fato ocorrido, foi que, as provas colhidas não foram suficientes para evidenciar a ocorrência qualquer ato de combinação de resultado.
Apesar de não aludir ao fato relatado, ficou claro que no jogo houve conduta combatida na pratica esportiva que foi a abdicação do jogo por parte das duas equipes, fato não punido por ausência de TIPIFICAÇÃO ESPECIFICA no CBJD.
DESSE MODO, ESSA COMISSÃO RESOLVE:
Não acolher o pedido inicial, por ausencia de comprovação da conduta ofensiva pretendida na denuncia, decidindo-se pela não anulação da partida, não havendo mais nada a ser deliberado, a sessão foi encerrada.
A Comissão Disciplinar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat WhatsApp CH