Juazeirense

Juazeirense apresenta Anderson Mello, volante de 24 anos que defendia o Santa Rita de Alagoas

Por Carlos Humberto - texto e fotos

Driblando a carência de campos oficiais para intensificar a preparação para a Série D, os jogadores da Juazeirense participaram de mais uma jornada dupla nesta terça-feira.

Pela manhã, o grupo participou de atividade física na academia, e à tarde o técnico Carlos Rabelo comandou um treino técnico com bola no campo society da Chácara Demi Brecci.

Anderson Mello, volante da Juazeirense
Anderson Mello, volante da Juazeirense

A novidade maior ficou por conta da participação do volante Anderson Mello (foto), jogador que chega ao clube bem recomendado e em quem a diretoria deposita extrema confiança.

Nascido em 21 de maio de 1993, o alagoano Anderson José da Silva Melo Matos iniciou a carreira de jogador de futebol em 2010 na base do Esporte Clube Bahia, e no mesmo ano conquistou o título baiano juvenil. Em 2011 foi vice-campeão da Copa São Paulo Júnior defendendo a camisa tricolor e em 2013 e 2014 defendeu o time profissional.

Na temporada 2014-2015, foi emprestado ao Beira Mar, time da segunda divisão do futebol português, realizando sua primeira experiência no exterior.

De volta ao Brasil, em 2016 defendeu o Boa Esporte no campeonato mineiro e disputou a Copa Governador do Estado da Bahia vestindo a camisa do PFC Cajazeiras.

Este ano disputou o campeonato alagoano pelo Santa Rita de Alagoas, de onde veio para vestir pela primeira vez a camisa do Cancão de Fogo.

Na conversa que manteve com a reportagem do Agência CH, Anderson garantiu que não terá problema em adaptar-se ao grupo e esquema tático do treinador Rabelo, e está otimista em fazer uma boa Série D: “Espero fazer um bom trabalho e colocar a Juazeirense na Série C” – afirmou.

Também revelou que dois jogadores influenciaram sua carreira: “Me espelho muito em Kaká, hoje jogando nos Estados Unidos. Um jogador da minha posição que me incentivou muito foi o volante Kleberson, campeão do mundo em 2002 e que jogou no Bahia quando eu estava subindo para os profissionais”.

Anderson se definiu como um segundo volante que marca forte e sai para o jogo. Embora finalize bem de fora da área, confessa que fez apenas três gols em sua curta carreira.

Bruno retorna

Segundo fontes do clube, o goleiro Bruno deve retornar, se reintegrando ao elenco dos juniores até a próxima quinta-feira, para disputar o campeonato da categoria. O jogador está emprestado ao Esporte Clube Vitória e tão logo se encerre a competição, dará prosseguimento a sua carreira no time rubro-negro da capital. A sua liberação temporária se deve ao bom relacionamento que existe entre as duas diretorias.

IMAGENS

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *