No Maracanã, Cruzeiro vence e complica Flamengo na Libertadores – Agência CH

No Maracanã, Cruzeiro vence e complica Flamengo na Libertadores

Crédito: Gazeta Esportiva – Foto: AFP

O Cruzeiro saiu na frente no confronto com o Flamengo por uma vaga nas quartas de final da Copa Libertadores. Em partida disputada na noite desta quarta-feira, no Maracanã, o time de Minas Gerais venceu por 2 a 0 e pode até perder por um gol de diferença no jogo da volta que vai acontecer no dia 29 de agosto, no Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

O Flamengo vai precisar de uma vantagem de três gols para garantir a vaga. O classificado deste duelo vai encarar na próxima fase da competição sul-americana o vencedor do choque entre o argentino Boca Juniors e o paraguaio Libertad.

O resultado premiou a objetividade da equipe mineira que ficou menos tempo com a bola, mas soube aproveitar as oportunidades que surgiram para construir o placar. O Flamengo foi uma equipe sem qualquer inspiração que pressionou o tempo inteiro, mas pouco ameaçou o goleiro Fábio que só apareceu no primeiro tempo para cortar cruzamentos sobre a sua área. E o goleiro Diego Alves ainda evitou um desastre maior com ótimas defesas no final do jogo. Revoltada com o resultado, a torcida rubro-negra vaiou intensamente a sua equipe na saída de campo.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 0 X 2 CRUZEIRO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 8 de agosto de 2018 (Quarta-feira)

Horário: 21h45 (horário de Brasília)

Árbitro: Nestor Pitana (Argentina)

Assistentes: Hernan Maidana (Argentina) e Gustavo Rossi (Argentina)

Cartão Amarelo: Cuellar (Fla); Thiago Neves, Robinho (Cru)

Gols: Arrascaeta, aos nove minutos do primeiro tempo e Thiago Neves, aos 33 minutos do segundo tempo

FLAMENGO: Diego Alves, Rodinei (Pará), Léo Duarte, Réver e Renê; Gustavo Cuéllar, Jean Lucas (Vitinho), Diego, Éverton Ribeiro e Marlos Moreno (Lincoln); Uribe. Técnico: Mauricio Barbieri

CRUZEIRO: Fábio, Edilson, Dedé, Leo e Egídio; Henrique, Lucas Silva, Robinho (Rafinha), Thiago Neves (Ariel Cabral) e De Arrascaeta; Hernán Barcos (Raniel). Técnico: Mano Menezes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat WhatsApp CH